Ao meio dia desta quarta-feira (01), o Prefeito de Buritirama, Dedê Alves, em entrevista ao programa Transparência Total, apresentado pelo radialista Aécio Oliveira, na rádio Buritirama FM, falou do Decreto que trata da demissão de colaboradores, revisão de contratos e redução salarial.

O prefeito iniciou demonstrando tristeza em dar essa notícia à população, porém demonstrou que é uma medida necessária para que a administração não fique inviável. Em razão da crise que assola o país e que prejudica os municípios, principalmente os de pequeno porte, como é o caso de Buritirama, é que o prefeito anunciou o decreto que demite vários funcionários contratados das secretarias de Saúde, Educação e Infraestrutura, e reduz salários de comissionados em 20%, incluindo o próprio, do vice-prefeito e dos secretários. Outros dados que ensejaram para que essas duras medidas fossem tomadas, foram a redução dos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei 101 de 2000 que exige que os municípios respeitem o índice de 54% com a folha de pessoal.

Para chegar a essa tomada de decisão, o Prefeito citou também outras justificativas como a situação caótica em que encontrou o erário e maquinário municipais. “Encontrei o município em situação deplorável por conta de um governo mesquinho que reinava e achava que tudo podia. Um governo irresponsável que deixou a frota de veículos sucateada, dívidas astronômicas com a Previdência Social (INSS), consignados que foram recolhidos e não repassados. Dívidas estas que, apesar de não serem de minha gestão, estou honrando para não deixar a população desprovida de atendimento nas áreas de saúde, educação e assistência social”, discorreu Dedê Alves.

Na entrevista, o Prefeito fez também um pequeno balanço dos 10 primeiros meses de governo, apresentando obras, medidas e ações que têm contribuído para o desenvolvimento do município.

Rosy Couto | Ascom/Prefeitura Municipal de Buritirama

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here